Respostas fisiológicas e citogenéticas em raízes de Allium cepa L. expostas às amostras de àgua e sedimento de três barragens ao longo da bacia do Rio Santa Maria da Vitória (ES, Brasil)

Nome: EDVAR JUNIOR RONCETTI COELHO
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 23/02/2017
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Silvia Tamie Matsumoto Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Gilberto Fonseca Barroso Suplente Externo
Maria do Carmo de Freitas Veneroso Examinador Interno
Silvia Tamie Matsumoto Orientador
Tatiana da Silva Souza Examinador Externo
Viviana Borges Corte Suplente Interno

Resumo: RESUMO
O aumento da população humana e o desenvolvimento de suas atividades rurais, industriais e urbanas estão intimamente ligadas a impactos gerados ao meio ambiente e os corpos d’água são os principais ecossistemas afetados. Bioensaios com plantas superiores são muito comuns para determinar a qualidade ambiental de um ecossistema poluído. Assim, este trabalho propo&#770;s realizar estudos para avaliaça&#771;o da qualidade de amostras de a&#769;gua e sedimento das represas Suíça, Rio Bonito e Duas Bocas, presentes na bacia do Rio Santa Maria da Vitória, empregando para&#770;metros fi&#769;sico-qui&#769;micos e ensaios toxicolo&#769;gicos e bioquímicos em Allium cepa. Foram definidas três estações amostrais na represa de Rio Bonito (RB1, RB2 e RB3), duas na represa Suíça (SU1 e SU2) e uma estação amostral em Duas Bocas (DB). As coletas das amostras de água e sedimento foram realizadas em março (período seco) e novembro (período chuvoso) de 2016, e foram analisados parâmetros como condutividade, oxigênio dissolvido, turbidez, temperatura e metais. A determinação dos metais ocorreu por análises de espectrometria de massa. Das amostras de sedimento foi extraído o solubilizado para realização dos ensaios. Os bioensaios com Allium cepa foram realizados por meio de sementes germinadas em exposição às amostras de água e sedimento. A avaliação citogenética envolveu a análise dos índices mitótico (IM), índice de aberrações cromossômicas (AC), frequência de micronúcleos (MN) de raízes meristemáticas e frequência de micronúcleos em f1 de A. cepa. A avaliação de parâmetros de toxicidade se deram por meio de análise de crescimento radicular e germinação. Para análise bioquímica de estresse oxidativo, foram quantificadas SOD, CAT, GST, GHS e LPO. A análise estatística foi realizada aálise de variância seguida pelo teste de Tukey (p < 0,05). Os resultados físicos e químicos indicam que as três represas apresentam indícios de eutroficação. As represas de Rio Bonito e Suíça apresentaram potencial citotóxico, mutagênico e genotóxico nas duas campanhas tanto para as amostras de agua, quanto sedimento. A represa de Duas bocas apresentou apenas potencial citotóxico e genotóxico. Os danos citogenéticos obversados foram maiores nas amostras de solubilizado. O mesmo ocorreu no período chuvoso, quando comparamos os danos entre os periodos de chuva e estiagem. Podemos afirmar que os bioensaios com Allium cepa são uma ótima ferramenta para verificar a qualidade ambiental, complementando as análises físicas e químicas realizadas em biomonitoramentos de ambientes poluídos.

Palavras-chave: citotoxicidade, genotoxicidade, mutagenicidade, estresse oxidativo, enzimas, toxicidade

Acesso ao documento

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910